Ultimas Notícias

Depoimento - Rodrigo Cossi

Hoje, ainda em comemoração a 2º aniversário do Corridas Externas completados nesse mês de Julho, estamos lançando mais um novo projeto, aonde abriremos espaço para nossos amigos e seguidores contarem um pouco de sua trajetória no mundo das corridas.

E para estrear esse quadro chamado DEPOIMENTO, convidei um grande amigo que a corrida me deu, aquele amigo que você só encontra na corrida mas não vê a hora de ter um corrida para vocês se reverem, aquele amigo que sempre manda mensagem no whatsapp perguntando como você esta, como esta os treino, aquele amigo que chega na corrida e fala hoje vou correr com você e quando você vai quebrar naquela subida sem fim, ele volta e te da aquele incentivo e te leva até o pórtico final.

Hoje vamos conhecer um pouco do



Minha historia na Corrida de Rua começa de uma forma bem dolorida, acredito que foi a dor mais forte que sofri até hoje, tive uma Cólica de Rim, no qual precisei ser hospitalizado, e devido ao estado no qual cheguei ao Pronto Socorro me submeteram a uma bateria de exames, e nestes exames a Doutora no qual me avaliou, me deu um simples diagnostico: “sua vida é muito sedentária pela sua idade, então você muda e começa a ter uma vida mais saudável cuidando da sua alimentação e praticando exercícios, ou que você seja muito forte e se acostume com essa dor constantemente”. Pensei comigo mesmo:

Seguindo firme na minha musculação, mas não era uma coisa que me deixava feliz, eu precisava me encontrar em algum esporte, isso no ano de 2016 no qual só se falava nas Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Em Julho, a Tocha Olímpica passaria aqui por Campinas, e algo dentro de mim me dizia para ir ver de perto a passagem da Chama Olímpica. Fui vencido por esse sentimento e fui acompanhar e ver os atletas com a tal “Chama Olímpica” e quando se aproximava do local no qual eu estava a vibração das pessoas iam aumentando de uma forma tão louca que eu nunca tinha vivido aquilo, e quando a tocha passou pela minha frente era tanta emoção, o coração batia acelerado, quanta sensação incrível em questão de poucos segundos, e assim que passou o comboio que conduzia a Tocha, uma onda de pessoas começou a correr atrás e acabei sendo levado de forma involuntária mas era tão especial esse momento que me deixei levar, e quando vi, tínhamos corrido pelo menos uns 800 metros.

Nessa mesma noite da passagem da tocha por Campinas, uma amiga me chamou pra correr um dia uma volta na Lagoa do Taquaral,

A partir desse MICO comecei a prestar mais atenção no pessoal que corria por ali, e vendo que eles conseguiam, porque eu não? Comecei a me desafiar, fui correndo de 300 a 300 metros, passei para 500 e logo já batia meu 1K, a evolução estava vindo cada vez com mais facilidade, e fui começando a gostar, entre um treino e outro, vamos conhecendo pessoas, e sempre me aparecia convites para participar das provas de corridas. Mas eu ainda nem me imaginaria fazendo um percurso onde eu poderia pagar o MICO novamente.

A mesma amiga que me convidou pra correr, me convocou pra ir assistir ela em uma corrida (não me lembro qual foi) e fiz esse sacrifício de acordar de madrugada no domingo de frio pra acompanhar a largada da prova. E assim que cheguei na Praça Arautos da Paz, fiquei assustado com tanta gente por causa dessa corrida, mas comecei a sentir novamente o mesmo sentimento do dia da Tocha, e cada vez mais próximo da hora da largada esse sentimento aumentava, me posicionei para assistir a largada e assim que foi tocado as cornetas, os atletas dispararam a correr o sentimento explodiu dentro de mim e ai descobri o que eu precisava para mudar minha vida, “eu quero ser um Corredor de Provas”, quero estar no meio dessa muvuca, com essa galera, fazendo parte dessa energia tão positiva.

Decidido que deveria participar de uma corrida para experimentar essa “magia”, lá vem minha amiga novamente e diz: vai ter uma prova de 6K com valor baixo, porque você não participa? Assim que cheguei em casa, inscrição feita, não imaginava que ali começava a minha prova. O Pré-Prova é incrível, ficar contando os dias até chegar a hora, os treinos de preparação e enfim o dia 23 de Julho de 2016, véspera da prova o qual não imaginaria como é difícil dormir o dia antes de uma corrida (mesmo após varias corridas, sinto mesma coisa até hoje).

Após os 6Kms estava eu recebendo minha primeira medalha na Prova Circuito da Longevidade Bradesco, e ali começou um novo habito, um novo vicio, um novo Rodrigo surgia, mais saudável, motivado, inspirado e feliz.

Após algumas dezenas de provas que já participei, aprendi que não é em cima do Pódio que esta a maior premiação e sim ao longo de todo o percurso, no qual sempre somamos experiências, sensações e principalmente novos amigos que vamos fazendo e conhecendo suas historias que servem muito de aprendizado.

E assim comecei na corrida de rua, nunca ganhei uma prova, mas me sinto o maior campeão, sempre levo o aprendizado de que podemos sempre vencer qualquer desafio se nos prepararmos e dedicarmos.

Independe do dia que você possa estar lendo este texto, pode acreditar que estarei pensando em qual será minha próxima corrida! E ai, e você, Vamos juntos?


6 comentários:

  1. Que bela história, muito motivadora parabéns Rodrigo vc inspira muita gente pode ter certeza. 👏👏👏

    ResponderExcluir
  2. Parabéns meu amigo, vc é um vencedor além de uma pessoa admirável é seu coleguismo vai além... grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Parabéns meu amigo, vc é merecedor destas conquistas além do seu enorme coleguismo... que venham muitas corridas... grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Sensacional! Feliz em ver como a corrida une e motiva as pessoas! Parabéns corredor! Orgulho de vc

    ResponderExcluir
  5. Parabéns corredor! Orgulho de ver a sua evolução e o quanto o esporte muda nossa vida! Que venha a próxima corrida logo

    ResponderExcluir
  6. Parabéns, Rodrigo! Contagiante seu entusiasmo!Deu até vontade de correr, que por sinal tenho de vez em qdo...quem sabe um dia... Boas corridas pra você!

    ResponderExcluir