Ultimas Notícias

Ciclo Menstrual X Rendimento

Cada mulher tem um ciclo Menstrual diferente. Existem aquelas que tem mais TPM, as que sofrem com as cólicas, aquelas que possuem um ciclo completamente desrregulado e também as sortudas que sentem pouco os efeitos das mudanças hormonais. Apesar das diferenças, existe um desconforto em comum entre as mulheres que praticam exércicio físico: a queda de rendimento em algumas fases do ciclo. Para você entender realmente vou falar de cada fase do ciclo menstrual e suas peculiaridades. Entender isso é vida! Dá outro direcionamento para os treinos.



🔺 Cara cada mulher, tem um tempo de sangramento. Nesse período é qdo começamos a produzir o estrogênio, totalmente associado à produção e ação da serotonina, que regula sono, humor, apetite, ou seja, ainda temos pouco estrogênio no organismo. Para não parar o treino, aconselho diminuir a intensidade e pegar um pouco mais leve.

🔺 No período pós-menstrual a produção de estrogênio aumenta e ocorre maior liberação de noradrenalina, a motivação e o desempenho melhoram nos treinos. Invista em treinos pesados, resistência, velocidade, força.

🔺 Fase ovulatória tem uma leve queda na capacidade de força e coordenação, a produção de estrogênio cai e há aumento da progesterona, mais uma vez é preciso, prestar atenção em como seu corpo reage.

🔺 Fase luteínica, queda na produção de progesterona, caso não ocorra fecundação, por isso, pode haver aumento de fadiga física, e alteração nervosa, com redução de desempenho nos treinos.

🔺 TPM: Apesar da vontade de jogar tudo para o alto, a prática de exercícios aumenta o nível de neurotransmissores como a noradrenalina, a serotonina e a dopamina, que produzem uma sensação de relaxamento e bem-estar, ou seja, é um remédio natural! Se puder, não pare os treinos, adaptação é tudo!

Se conhecer é o ponto de partida para treinar melhor o mês todo. Então, minha sugestão é:
* Se estiver com a recuperação mais lenta, faça um treino mais leve, se alongue, durma um pouco mais, tente ingerir alimentos bem nutritivos e anti-inflamatórios;

* Se sentir que está disposta, aumente o ritmo, amplie a carga, foque no que precisa dar mais resultado naquela semana;

* Se treinar e o resultado não for satisfatório para você, observe sua fase do mês. Pode ser que aí esteja a resposta e você pode parar de se cobrar!

⚠️ Ah, e tente sempre treinar de forma inteligente: foque no que é possível fazer, no que é essencial, observe se o corpo pode ir além. Busque equilíbrio e autoconhecimento. Seu rendimento, e sua performance, vão agradecer.


Escrito por Mariana Maniasse, personal trainner

Nenhum comentário