Ultimas Notícias

SEM DISPOSIÇÃO PARA TREINAR?


Entenda o Overtraining e outros sinais ⠀⠀


Sabe aquele período em que os treinos simplesmente não acontecem?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Os treinos não rendem o que deveriam?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Você não se recupera tao rapidamente dos treinos?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Seguindo a definição do European College of Sport Science para a síndrome do Overtraining (OTS), ela é caracterizada por uma acumulação de estresse do treinamento resultando a um pequeno período em que o desempenho diminui. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Esse pequeno período de declínio na maioria das vezes é planejado e necessário, e é conhecido como Overeaching (OR). Após um descanso apropriado e um período recuperativo, ocorre a supercompensação, ou seja, o desempenho melhora!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O tempo de descanso necessário para ter esse efeito benéfico pode levar dias ou semanas (Halson et al., 2002).
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Porém, quando os atletas não recuperam o suficiente desse período de queda de desempenho, surge o Overtraining Não-Funcional/NFOR (Meeusen er al., 2006). ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O uso do termo “síndrome” expressa a etiologia multifatorial, ou seja, o exercício não é o único culpado! Outros fatores relacionados a essa síndrome são nutrição inadequada, doenças e estresse psicossocial (trabalho e familia, por exemplo) (Jones e Tendnbaum, 2009). ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Um estudo sugere que os treinadores suspendam o treinamento intenso por cerca de 14 dias quando suspeitarem de overtraining/overeaching não funcional (Birrer et al., 2013).
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
✳️Atente-se aos SINAIS:
▪️Queda de desempenho prolongado
▪️Fadiga prolongada
▪️Distúrbios de humor
▪️Perda de motivação
▪️Perda de apetite
▪️Perda de peso inexplicável
▪️Distúrbios do sono
(Hooper et al, 1997; Armstrong and VanHeest, 2002; Meeusen et al, 2006)
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Bons treinos!
E BOM DESCANSO, se necessário também!

__________
Escrito por Roberta Abdala, Treinadora, Ciclista e Corredora

Nenhum comentário